Não falamos sobre moda, cultura é o nosso foco, poesia nossa inspiração. Sair do lugar comum é como ver o mundo de cima de um salto 15...Vermelho!!!

quarta-feira, 26 de janeiro de 2011

Medo

Medo de você,
Medo de te ter
E de te perder
Medo de ser  

                    com você

Medo de me perder 
                     em você
E de me prender a você
Medo de me perder
Quando te achar

Medo de deixar de ser
Quando me encontrar
Quando não puder 
                         mais ser
O que fazer?


Quero liberdade de sentir
E de não sentir
Não sei o que quero
Quando o que quero 
                          é você

Mas tem o medo

Você e o medo
O que faço com ele?
Você e o meu medo

O que faço sem você?

O meu norte se perdeu
O meu chão pra onde foi?
As estrelas não me guiam


O meu medo me cegou
Nem o sol me aquece
Pois o meu coração 
                              está frio


Eu e o frio
O frio da sua ausência

Eu e o medo
Como deixei você partir?

Minh´alma está perdida

Não sei pra onde vou
A vida está sem vida
Já nada sinto, frio ou pavor

Ai, minha alma doída
Sofre e chora e grita
Por você...

Escolhi o medo...

Perdi você!!!


Diva L. e Pati...Sarau 22/01/11. Valeu, Pati!

4 Devaneios:

Elaine Castro. disse...

Oi Diva,

Muito bom.
Também tenho esses medosss.

Beijos.

Anônimo disse...

Lindooo!!!! Ameiii!!!
Pati

"(H²K) - Hamilton H. Kubo" disse...

Tristemente traduz a falta de caminho, a parada não desejada, o fim bruscamente imputado na vida.
Triste e ao mesmo tempo belo!

Beijos

Cristovam Melo disse...

No meio de tantos medos (Que eu também sinto) eu me vejo encantado com tanta beleza nessa parceria... Verdadeiramente, esse poema é como uma ferida exposta... Parceria promissora, viu?
Beijos e parabéns a vocês duas, minhas queridíssimas flores!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | JCpenney Printable Coupons