Não falamos sobre moda, cultura é o nosso foco, poesia nossa inspiração. Sair do lugar comum é como ver o mundo de cima de um salto 15...Vermelho!!!

quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

Poemas de Dezembro

Procuro uma alegria
uma mala vazia
do final de ano
e eis que tenho na mão
- flor do cotidiano -
é vôo de um pássaro
é uma canção.
(Dezembro de 1968)
__________
Uma vez mais se constrói
a aérea casa da esperança
nela reluzem alfaias
de sonho e de amor: aliança.
(Dezembro de 1973)
__________
Fazer da areia, terra e água uma canção
Depois, moldar de vento a flauta
que há de espalhar esta canção
Por fim tecer de amor lábios e dedos
que a flauta animarão
E a flauta, sem nada mais que puro som
envolverá o sonho da canção
por todo o sempre, neste mundo
(Dezembro de 1981)
__________
Quem me acode à cabeça e ao coração
neste fim de ano, entre alegria e dor?
Que sonho, que mistério, que oração?
Amor.
(Dezembro de 1985)

Carlos Drummond de Andrade






Vale a pena publicar de novo, novamente e sempre. Principalmente para atender aos inúmeros acessos em busca desta jóia do Drummond.

Diva L.

3 Devaneios:

Éverton Vidal Azevedo disse...

Jóia mesmo viu. Deixa a gente inspirado pra escrever.

Nilson Barcelli disse...

Um grande poeta.
Gostei da tua escolha.
Um beijo, querida amiga.

Diva L. disse...

Éverton, meu lindo!
Como te inspirou, vou postar inúmeros outros do Drummond...Assim tenho o prazer de ler teus comentário. Sou tua fã, já disse? rs

Bjossss

Nilson,
obrigada pelo comentário. Fico imensamente feliz em te ver por aqui. Como digo e repito inúmeras vezes, cérebros deliciosos são sempre bem-vindos. Volte sempre que desejar, as portas estão abertas 24h. rs

Bjo grande e abraço na alma.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | JCpenney Printable Coupons