Não falamos sobre moda, cultura é o nosso foco, poesia nossa inspiração. Sair do lugar comum é como ver o mundo de cima de um salto 15...Vermelho!!!

domingo, 26 de abril de 2015

Vitrola e Vinil

Revirando postagens que estão no rascunho do blog, me deparei com esta, escrita em junho de 2012. Acreditem, embora aparente passado, este post faz parte do meu presente. Há 30 dias mudei de cidade, estou longe da família e amigos. Uma experiência super nova, pois nunca fiquei distante tanto tempo, nem tão distante. Então, compartilho o texto e a música que hoje é a minha, digamos, cara. Boa leitura, direto do túnel do tempo...ou não!

PS: Trouxe os meus sapatos preferidos. :)

-------------------------------------------------------------------------

Sim, ainda temos uma vitrola aqui em casa e alguns vinis. Bem menos do que eu gostaria, mas temos. As relíquias que sobreviveram à inúmeros temporais, foram adquiridas pelo meu pai, e durante muito tempo foram preteridos, inclusive por mim, pois não entendia o real valor dos "bolachões".  Ainda restaram algumas raridades com chiadinhos e aranhões. Infelizmente, muitos se perderam, extraviaram com o tempo. 

Enfim, por que estou falando em vinil e vitrola? Simples, hoje fiz o meu ritual do desapego, lembram dele? Pois é! E adivinhem o que encontrei? Isso mesmo, um vinil fantástico do Sá e Guarabira. Não tenho certeza, mas acho que é da década de 90. Esse vinil é simplesmente inspirador. Por isso, resolvi compartilhar uma música com todos e espero que gostem tanto quanto eu.

Apreciem sem moderação!!!

O meu lar é onde estão os meus sapatos
Sá e Guarabira

Desde que me conheço
Desde que me conheço
Que sou assim
Mas não, não, não ria de mim,
Amigo de novidades sem ambição ou raiz
Mas isso não me faz infeliz
A gente tem que saber
Ser dono do seu destino
Partir se tem que parti
Ficar se tem que ficar
Meu lar é onde estão meus sapatos
Meu lar é onde estão meus sapatos
Um pouco em cada pedaço e lugar
Mas basta que você diga
Basta que você diga
Uma só palavra pra mim
Que sim, sim, sim.
E logo você vai ver
Que eu cheguei pra não mais sair
E vim, vim, vim.
A gente tem que saber
Ser dono do seu destino
Partir se tem que partir
Ficar se tem que ficar
Meu lar é onde estão meus sapatos
Meu lar é onde estão meus sapatos
Um pouco em cada pedaço e lugar

1 Devaneios:

Ana Pereira disse...

Boa tarde
Passei pelo teu cantinho para te dar a conhecer o meu modesto espaço de poesia.
Espero que gostes. Um abraço, Ana Pereira
http://almainspiradora.blogspot.pt/

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | JCpenney Printable Coupons