Não falamos sobre moda, cultura é o nosso foco, poesia nossa inspiração. Sair do lugar comum é como ver o mundo de cima de um salto 15...Vermelho!!!

terça-feira, 12 de junho de 2012

Dia dos Namorados, propagandas, sapos e abacaxis

Mais um dia dos namorados chega para alegria do comércio e, obviamente, para quem está namorando, claro! Focando na data que não sei qual o motivo, razão ou circunstância, parece chegar cada vez mais veloz, dá a sensação que é comemorada mais de uma vez no ano. Datas de celebrações como o Natal ou Páscoa, ou ainda, feriados concorridos como o Carnaval e São João, demoram muito (eu disse muito!!!) a chegar.  O dia dos namorados não é feriado,  nem ponto facultativo, e o pior, chega tão rápido que não dá tempo de pagar todas as parcelas do presente do ano anterior. Argh!!!
 
Independente do clima romântico, considero o dia dos namorados uma data desesperadora para os repórteres que, todos os anos, têm que cumprir as pautas oficiais: As vendas e dicas do presente ideal para ele e para ela, e as famigeradas promoções dos motéis. E o mais constrangedor, ter que fazer a cara de “olha que assunto interessante e inédito”. Impressionante, mas parece que os pauteiros estão diretamente presos a estes assuntos. Não acredito que uma data tão inspiradora, não produza pautas mais criativas, tipo... Assim... Deixe-me ver... Bom, então, como eu estava falando, a data parece se repetir com uma velocidade extrema... Já falei isso? Já, né? Ok! Brincadeira, gente!!!


Na verdade não sei  o que é mais chato no dia dos namorados (para quem não está namorando, ta?!), se as pautas repetitivas ou a falta de namorado. Não, acho que o mais chato é a overdose de propaganda que todo o tempo mostra maravilhosos casais, os ditos príncipes e princesas, os relacionamentos perfeitos, paixões arrebatadoras e ligadas no 220W. Calma, não pensem que estou desmerecendo a data, de forma alguma, sei como as manifestações de carinho são importantes, mas não só no dia 12 de junho.  

Essa conversa de metade da laranja, príncipe encantado, tampa da panela ou coisas do tipo, pra mim ficaram em um passado muito distante, desde que descobri  que buquês de flores murcham e perdem a beleza, o vigor, e que se tornam lembranças tristes se não forem dados como demonstração de afeto genuíno. E isso vale não só para os casais enamorados, mas para todos com quem mantemos algum tipo de relacionamento. Se as nossas ações não forem reflexos dos nossos desejos e estiverem revestidos de verdade, nada faz sentido. 

Se me perguntarem se hoje sinto falta de estar com alguém, a resposta é não. Sinto falta de ter alguém, pois é uma necessidade de todo o ser humano ter alguém, gostar de alguém, dividir a vida com alguém, isso não apenas porque é o dia dos namorados e há um apelo geral da mídia dizendo que você precisa presenteá-lo, além de compartilhar nas redes sociais que você tem um "relacionamento sério".  Amor, paixão, cumplicidade, tudo isso não está ligado ao consumo nem ao "mostrar que", mas a nossa existência. Não acredito que estamos na terra para vivermos solitariamente.

 "Antes só do que mal acompanhado" - Com relação a esta bandeira erguida com paixão pelos os que já sofreram e se decepcionaram, apenas registro que não tenho por ela nenhuma simpatia. Por que não podemos estar bem acompanhados? Por que temos que fazer das decepções o nosso lema e amargar a solidão? Ah, muito chato isso! Por que temos que encontrar a metade da laranja? Por que não pode ser a metade da maçã, limão, melão, abacaxi? Mamão, não! O sapo não é tão desprezível assim, ele pode até ser interessante. Almas gêmeas? Por que não almas primas, afilhadas, colegas? Por que insistimos no perfeito se não somos perfeitos? Encontrar alguém que nos transborde dá trabalho, mas quando encontramos...UaUU! 

Bom, o textinho é apenas para desejar a todos - que estão namorando - um dia dos namorados inesquecível e eterno, que as flores não murchem, os olhos não percam o brilho e as palavras o sentido. E,  para os que estão a espera do encontro, que não xinguem o Santo Antônio, nem machuquem o pobre cupido e, principalmente, que os pauteiros, publicitários e produtores  tenham piedade de nós e da nossa paciência. É isso!!!

Diva L.


Imagens "presente para a namorada e  para o namorado" Loja Imaginarium

4 Devaneios:

Milton Kennedy disse...

Bom dia amiga virtual Diva,
como sempre suas postagens estão fascinantes. Gostei do texto.

Ah, aqui a data é super especial, pois celebramos hoje, 18 anos de casados, yeah!

Diva L. disse...

Milton, sempre bom ler teus comentários. Pense num incentivo. Pensou? Então eleva ao cubo... mais ou menos por aí. rs

Com relação ao post e aos teus 18 anos de casado - conforme comentei no teu blog - é muito bom ver tais exemplos, pois só reforçam a minha crença(e de muitos que ainda acreditam em relacionamentos) que é possível encontrar alguém que nos transborde. 18 anos? Muito tempo, né?! Então, parabéns ao casal por esta conquista. "Que seja eterno..."


Feliz Dia dos Namorados.
Um abraço.
Diva L.

Evanir disse...

Anjo!!! O bom de sermos amigos é que não importa como somos , o que fazemos ou onde estamos;
O que importa mesmo é sabermos que somos amigos e que a nossa conexão é mantida pelo pulsar do nosso coração !!
Uma linda noite dos namorados muito amor no coração.
Obrigada pelo carinho pela presença constante
no meu blog minha linda amizade.
Beijos saudades receba meu carinho.
Evanir..Tem presente na postagem ..

Diva L. disse...

Olá, Evanir! Obrigada pelo carinho.

Bjo grande e sinta-se abraçada.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | JCpenney Printable Coupons