Não falamos sobre moda, cultura é o nosso foco, poesia nossa inspiração. Sair do lugar comum é como ver o mundo de cima de um salto 15...Vermelho!!!

domingo, 16 de outubro de 2011

Espelho



Não, eu não sou a insegurança
Você não me conhece
Eu não tenho medo de te amar
O inseguro é você.
Eu sou a insatisfação
Eu sou o seu espelho
Você projeta em mim os seus medos
Assim, tolhe nossos sentimentos
Regra nosso convívio
Dosa o nosso amor
Em gotas homeopáticas
Para garantir a não entrega
Sim, o seu nome é insegurança
Negando seus sentimentos
Reprimindo a entrega
Sempre me colocando em segundo plano.
Eu sou a insatisfação
O amor contido
O desejo não sentido
O que não foi vivido.
Acredite,
Não ficarei assim pra sempre.
Me refaço com o sol,
E as sombras se dissipam.
Assim, vejo com clareza
Que o amor que me negas
Posso encontrar em outra fonte
Amor que satisfaça meus desejos
Que me torne completa
Amor que apague a insegurança
Que você reflete em minh´alma
Então, quando não mais refletires em mim
Serei plena
Serei livre
Serei eu
Simplesmente feliz.

Pati e Diva L.
16/10/2011 às 22:10h

7 Devaneios:

Diva L. disse...

Pati, que bom que retornamos às parcerias e com um tema que gosto muito:a resiliência. Felizes somos por termos a chance de nos refazer, de recomeçar, apagar e reescrever. Assim é a vida, assim somos nós.

Adorei!
Bj
Diva L.

Luís Coelho disse...

Será medo de amar, medo de se entregar inteiro e sem devisões ?

Felizes são todos quantos sabem dar-se sem reservas e também os que lutam mas sabem refazer-se e viver

BlueShell disse...

Excelente: auto-confiança e querer sempre um pouco mais: é nosso direito...não é pecado!

Bj

MAILSON FURTADO disse...

"Quando me olho no espelho,
vejo tudo ao contrário.
O que direita é esquerda,
e do meu lado um outro lado.
Na minha frente,
está um cara
que está com outra cara.
Uma cara que não vejo
uma cara disfarçada."

Mailson Furtado

Everson Russo disse...

Esses momentos de insegurança todos nós vivemos pela vida...temos que ter serenidade....beijos de boa semana.

Kakau disse...

Adorei o tema, acho que vc leu a minha alma!!!
Bjussssssss

Pati disse...

Amigos,

Amar deveria ser simples, mas não é. Despir-se dos muros, grades, barreiras, enfim, de todas as blindagens que construímos ao longo de uma vida, não é simples, não é fácil. É um ato de coragem. A entrega é um ato de coragem.
Assumir o risco e se despir de nossas certezas arduamente construídas e acreditar que é possível amar e ser feliz.
Desistir de amar, jamais!

Um grande beijo,

Pati

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | JCpenney Printable Coupons