Não falamos sobre moda, cultura é o nosso foco, poesia nossa inspiração. Sair do lugar comum é como ver o mundo de cima de um salto 15...Vermelho!!!

quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

"Não gosto do Natal!"

Pra mim o mês de dezembro sempre ocupou lugar de honra. Quando pequena o aguardava ansiosa, já que  sempre foi sinônimo de família reunida e celebração. Lembro que achava estranho quando ouvia os adultos com as célebres e repetidas frases:"Não gosto desse mês", ou ainda, "Não gosto do Natal". Eu ficava com cara de paisagem sem entender. Como poderiam não gostar do Natal? Que mal fez o Natal a essas pessoas? Adultos, sempre complicados.

O tempo passou, e acredito não ter vivido um só mês de dezembro, sem ouvir de alguém a repetida frase:"Não gosto do Natal". Como nada melhor que o tempo, finalmente já crescida tomei coragem para perguntar o motivo. Por que não gostar do Natal? Dezembro é um mês tão especial que a sábia natureza se renova. Não sei quantos já pararam para apreciar o sol de dezembro. Pode até ser impressão, mas ele brilha de forma majestosa. E as árvores? Nossa, basta passear pelas ruas para vê-las cobertas de flores. Os dias parecem mais convidativos, mais alegres.

Hoje é só o segundo dia de dezembro, e já ouvi de 3 pessoas a mesma frase. Ao questionar a razão, a resposta é sempre a mesma: "Tenho tristes lembranças". Tristes lembranças...Tristes lembranças... Parece até letra de bolero (Oops! Nada contra boleros).

Mas, enfim, entendo que é triste chegar ao Natal sem algumas pessoas queridas, mas não só no Natal. Claro que entendo, pois na minha vida falta não só uma pessoa. Toda ausência é sentida e por todo o ano. Nessas horas, frente aos sorumbáticos discursos, lembro de alguém muito, muito e muito especial, dona Neném, minha mãe. Ela era a alegria materializada e o Natal era sinônimo de festa, mesmo tendo perdido o pai dias antes.  Então, nesses momentos em que a saudade bate, lembro dela e imagino que estaria hiper feliz em ver a casa arrumadinha nos mínimos detalhes, a família reunida e todos com saúde.

- Ah, mas você pelo menos tem família pra comemorar, por isso pensa assim. 

Pode até ser, mas já pensou em quantas pessoas também não têm família? Ou ainda, quantas ficariam felizes em ter a oportunidade de passar o Natal com você? Então, que tal mexer-se e mudar a sua história? Sentir-se útil e fazer diferença na vida de outras pessoas, pode ser o bálsamo que falta ao seu coração para renovar suas frases.


Interessante como muitas pessoas se ocupam e se acorrentam ao pontinho na folha branca. É dezembro! É contagem regressiva para o "renovar". Mais 365 dias estão chegando de presente para sermos felizes. Comecemos pois a planejar, sonhar, deletar o passado e nos preparar para o novo que está chegando.Vamos criar novos arquivos, escrever novos posts, novas histórias, novos momentos.

É dezembro! É Natal despontando! É nascimento do Cristo! É mais uma oportunidade de sermos felizes e, o melhor, de mudarmos a nossa história e fazermos pessoas felizes também.

-Ah, a data é só comércio. É tudo falsidade! Eu nem acredito no Natal e esse papo de nascimento do Cristo é puro mito.

Tudo bem, respeito os que não acreditam, aliás, respeito a todos e todas as opiniões. Quanto a mim, também não acredito no bom e velho Noel...rs

É dezembro! É Natal! Prefiro me ocupar em ser feliz. Aceita uma garapa, azedinho lindo????

Diva L.

8 Devaneios:

Éverton Vidal Azevedo disse...

Eu até entendo quem diz que nao gosta do natal, mas nao posso negar, essa data é hipermegaespecial pra mim rs.

Luís Coelho disse...

Dezembro pode até nem ser o mês mais bonito do ano, mas é o mês da família
É o mês branco do Natal, férias e reencontro de todos.

AninhaGR disse...

Olá, Diva querida! Sempre é bom estar aqui, assim como receber tua visita no Pensamento Indelével! Podes, sim, "roubar" o texto 'Dezembro', hehe. Só peço que seja devidamente creditado, ok?
Beijos flor, paz e luz!

Guará Matos disse...

Não sou cristão, entretanto adoro o Natal!
Ah, e acredito em Papai Noel, sim.
Se não acreditar, onde depositarei as esperanças de tantas pessoas sofridas?
Se eu não acreditar, como perceber tanta busca pelo bem?
Se eu não acreditar, onde estará tantos sosrrisos infantis?

Acredito e pronto!
Hô! HÔ! Hô!

Bjs.

Diva_Kakau disse...

Eu sou uma das pessoas que não gosta de natal, mas, tenho motivos fortíssimos pra isso. Por outro lado gosto de ver as pessoas se entregarem a esse espírito de bondade e de renovação. Respeito o gostar de cada um e desejo a todos um feliz natal!!
bjusssss

Diva L. disse...

Éverton, tbm adoroooooo o Natal! E nem precisa ter o bom Noel...rs

Luís, tem razão, a família é o que melhor simboliza o Natal. Feliz quem possui e pode comemorar junto com os seus. Bjos

Guará, meu querido!
O importante é acreditar em algo que nos alegre. Hô! Hô! Hô pra vc tbm...rs

Kau, já te falei da minha oração, né? Portanto, FELIZ NATAL!!! rs

Anônimo disse...

Eu não suporto o Natal.
É muita falsidade e hipocrisia.
Espirito natalino ? E o resto do ano ? É o espirito do cada um por si. Mario Prata tem um bom texto sobre isso.

disse...

Eu particularmente detesto o natal,por mim não existiria está data.Eu fico triste, vontade de chorar, me esconder, do dia do natal ao ano novo.Para mim é muito ruim e o pior é que eu tenho que falar,feliz natal,nossa cada vez que falo isso meu coração DOI muito.Para mim significa que mais um ano termina e eu não consegui nada do almejado do ano todo.E que eu vejo que as coisas cada dia que passa está muito difícil. Queria poder ter um hotel, uma pousada,alguma coisa pra me esconder e não dizer,feliz natal,para as pessoas.As pessoas sempre me cretica mas não posso mudar meus sentimentos já tentei mas não consigo mudar sempre fui assim.Em vez de me criticarem,me entendam(eu detesto natal).

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | JCpenney Printable Coupons