Não falamos sobre moda, cultura é o nosso foco, poesia nossa inspiração. Sair do lugar comum é como ver o mundo de cima de um salto 15...Vermelho!!!

quinta-feira, 22 de julho de 2010

Momento com o Caio


"Sobretudo, não se angustie procurando-o:
ele vem até você, quando você e ele estiverem prontos."
"Penso sempre que um dia a gente vai se encontrar de novo, e que então tudo vai ser mais claro, que não vai mais haver medo nem coisas falsas."
"O amor no fim é frágil, frágil para reagir, forte para esquecer."
"Tente. Sei lá, tem sempre um pôr-do-sol esperando para ser visto,
uma árvore, um pássaro, um rio, uma nuvem.
Pelo menos sorria, procure sentir amor. Imagine. Invente. Sonhe. Voe."
"Vou sair para ver o mar e me perder entre os labirintos que distanciam nossos passos. Vou te procurar entre as estrelas e os satélites distraídos, que confusos me ditaram caminhos errados e esparsos."
"Devo, entretanto, avisar que não pretendo te esquecer
nem deixar você em paz.
Pode correr; pode fugir; que vou em busca de você, onde estiver."
"Como se houvesse entre aqueles dois uma estranha e secreta harmonia."
"Vem, antes que eu me vá, antes que seja tarde demais.
Vem, que eu não tenho ninguém e te quero junto a mim.
Vem, que eu te ensinarei a voar."
"Era frio. Não sei dizer se fazia mais frio do lado de fora da minha blusa
ou dentro do meu coração. Provavelmente competiam."
"Porque se você pisca, quando torna a abrir os olhos o lindo pode ficar feio.
Ou vice-versa."
"A gente se entrega nas menores coisas."

Caio F.


Caio Fernando Loureiro de Abreu (Santiago, 12 de setembro de 1948 - Porto Alegre, 25 de fevereiro de 1996), foi um jornalista, dramaturgo e escritor. Apontado como um dos expoentes de sua geração, a obra de Caio Fernando Abreu, escrita num estilo econômico e bem pessoal, fala de sexo, de medo, de morte e, principalmente, de angustiante solidão. Apresenta uma visão dramática do mundo moderno e é considerado um "fotógrafo" da fragmentação contemporânea".

6 Devaneios:

Everson Russo disse...

Belissimo post,,,belissimos momentos....beijos de linda tarde.

Rhaissa disse...

Chega a ser engraçado, mas sempre que leio algo do Caio F. consigo encontrar o que eu tava precisando, sabe?
Coisas que outros não dizem, ele diz.

Gosto de como ele é cru nas palavras, diz tudo que acha que deve dizer, e até o que não deve.

Virou ídolo desde o primeiro texto que li.

Obrigada por visitar meu blog, mesmo! E muito obrigada pelo comentário.

Vanessa Souza Moraes disse...

Interessante seleção.

Everson Russo disse...

Beijo carinhoso de otimo final de semana pra ti.

Éverton Vidal Azevedo disse...

Já sei, já sei, tenho que conhecê-lo né...

Aqui e ali me encontro com um baita texto dele.

Diva Lali disse...

Pois é, o Caio vai além dos conceitos.

Rhaisa, vc descreveu com perfeição.

Everson e Vanessa,é sempre muito bom vê-los por aqui.

Éverton, meu querido!
Não resista mais...rs
Jogue-se nos devaneios do Caio, vc não vai se arrepender.

A todos, obrigada pelos comentários e voltem sempre.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | JCpenney Printable Coupons