Não falamos sobre moda, cultura é o nosso foco, poesia nossa inspiração. Sair do lugar comum é como ver o mundo de cima de um salto 15...Vermelho!!!

terça-feira, 31 de julho de 2012

Eu poesia

Ainda não era dia e entre sonhos e devaneios
a poesia sem pudores já me seduzia
Os raios do sol ainda não despontavam
e fui despertada com o seu sopro em minha nuca...
Sem reservas, tomou-me em seus braços
sussurou em meus ouvidos frases desconcertantes
Sem licença poética, invadiu meus pensamentos
e dominou os meus sentidos...
E eu, totalmente entregue aos seus desejos
Levitei ao encontro da satisfação
Envolvida e dominada, não pensei (nem quis pensar)
Sentir o toque suave das palavras é uma dádiva
E elas, entre suspiros me diziam baixinho:
Eu explosão e agonia
em um coração dilacerado e transparente,
Sou vontade que vem e passa,
Sou paixão que perturba e se desfaz, 
Sou encatamento e alquimia,
Sou simplesmente, poesia. 

Diva L.

2 Devaneios:

Malu disse...

Simplesmente ADORÁVEL!!!
Ser poesia não podia dar em outra - UM SER FANTÁSTICO!!!
Abraços e meu carinho a si e a este espaço que muito gosto.

Diva L. disse...

Ai q visita maravilhosa. Obrigada pelo comentário, querida Malu. Sempre bom te ver por aqui.

Bjo grandão.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | JCpenney Printable Coupons