Não falamos sobre moda, cultura é o nosso foco, poesia nossa inspiração. Sair do lugar comum é como ver o mundo de cima de um salto 15...Vermelho!!!

quarta-feira, 23 de novembro de 2011

Poema para as três Marias

Faça-se silêncio, um milagre aconteceu
Três  ventres foram fecundados
E em pouco tempo iluminarão os dias seus

As escolhidas não escolheram
E em lágrimas se fizeram
Tolas não vislumbraram a imensa dádiva
Que dos céus tiveram

Sem se conhecerem e, antes mesmo de saber
Se um menino ou uma mocinha iria nascer
Deram-lhes o nome de Maria... Maria Alice

Três ventres
Três histórias
Três Marias
Três Alices

A primeira escolhida que em lágrimas se debruçou
Por meses resistiu, mas por Maria Alice se apaixonou
Vocação nunca teve, mas o amor fala mais alto
E hoje, o sorriso de Maria Alice emana luz por todos os lados

Pouco tempo depois, outra  Maria Alice em um ventre brotou
Sem planos nem projetos, o jovem casal se assustou
E agora, o que fazer? Sem trabalho, sem casa, sem recursos pra cuidar
E os estudos, os sonhos... Todos de lado vão ficar?

Mas, o amor outra vez mais alto falou
O enlace foi belíssimo, 
                                                   [sob os olhares de todos, o casal se emocinou]
Lágrimas novamente rolaram
Mas dessa vez para agradecer
O presente vindo do alto e a felicidade
Que só uma criança pode trazer

Como em um toque de mágica,
O jovem casal amadureceu
E em pais zelosos se transformaram
Agradecidos a Deus pela imensa  dádiva
De terem Maria Alice nos braços seus

A pequenina e mais frágil de todas
Ainda não a vimos chegar
As lágrimas da mãe se prolongam
Por Maria Alice no hospital deixar

Gestação difícil
Riscos para a mãe
Antes da data prevista
Uma banalidade a antecipou
E a pequena Maria ainda no ventre 
em vermelho chorou

Hoje rogo a Deus por este anjo
Que Ele permitiu chegar
Mas não permita Deus que Maria Alice volte
Sem que dela possamos cuidar

Vê-la crescer é a nossa oração
Não permita que a mãe não a tenha nos braços
Depois de quase nove meses de gestação
Ninar Maria Alice com canções que aprendemos
Contar-lhe histórias
Vê-la sorrir
Ensinar os primeiros passos
E em pouco tempo vê-la correr, saltar 
                                                         e ser feliz

Ver nos olhos da mãe o agradecimento
Pois, mesmo sem planejar
Maria Alice ocupa em seu coração um imenso lugar

Dorme, Maria Alice
Que nenhum mal te acontecerá
Mamãe está por perto
E os anjos a te guardar
O amor que já sentimos
Ele forças te dará [Nos dará]
Dorme, dorme pequena  Maria
Que nenhum mal te alcançará.


Diva L.

2 Devaneios:

Aleatoriamente disse...

Nossa Diva! Como é lindo teu texto.
Sempre muito bom caminhar por aqui.
Te deixo um beijo amada

Diva L. disse...

Olá, minha querida. Que bom que gostou. Obrigada por comentar.

Bjo grande.
Diva L.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | JCpenney Printable Coupons