Não falamos sobre moda, cultura é o nosso foco, poesia nossa inspiração. Sair do lugar comum é como ver o mundo de cima de um salto 15...Vermelho!!!

quarta-feira, 16 de novembro de 2011

Escolha




Que amor é esse que sinto por você?
Que loucura é essa que me liga a você?
Que sentimento é esse que te prende dentro de mim?

Eu não quero, mas te entendo.
Eu rejeito e me arrependo.

Qual a lógica dessa ilógica relação?
É para ter lógica?
Há logica no amor?
Até onde há razão no querer bem?
Até onde controlamos o nosso querer bem?

E de tudo a meu amor serei atento...
Pois, ainda que eu falasse a língua dos anjos,
Sem amor,eu nada seria...

Então, entre nada ser e te amar,
Eu escolho te amar...
Mesmo que isso signifique uma enorme superação,
Uma constante desconstrução,
Uma tormenta de emoções.
Mas eu escolho te amar.

Te amar é ainda
A melhor coisa que consigo sentir.
Mesmo que desafie o meu domínio próprio,
A minha autossuficiência,
A minha amada e adorada
Necessidade de controle.

Eu escolho você
Mesmo que você não me escolha.
Eu escolho você
Porque não adianta não escolher.
O amor escolheu por mim,
Sem me pedir permissão,
Sem sequer me ouvir.
E eu simplesmente cansei de resistir.

Então, eu escolho você.
Escolho amar você
Porque as razões desconhecidas do amor
Me fez amar você.

Eu me resigno
E o amo
Da forma que é permitido amar
Até que chegue o dia
Que o amor canse de amar sozinho
E me permita escolher de novo
E vou escolher você, de novo, mais uma vez
Novamente
Nessa ou em outra vida
e só Deus sabe o porquê.

Pati

4 Devaneios:

Luís Coelho disse...

A marca da nossa insatisfação. Por vezes é tão grande que quase nos leva à loucura.
O amor nunca poderá ser levado desta forma. Nem cresce nem deixa crescer.
Amar é viver e deixar viver. É liberdade.

Vera Lúcia disse...

Olá,
Bem vinda ao meu recanto. Agradeço-lhe as palavras gentis. Seu blog é excelente e estou me acomodando por aqui.

O texto poético é lindo! O amor é mesmo inexplicável e imprevisível.
Somente não podemos amar sozinhos, pois este belo sentimento somente traz plenitude quando é recíproco.

Volte sempre!
Beijos.

MARILENE disse...

Esse é um sentimento que exige caminho de mão dupla. Há que comportar o dar e receber. Em versos, podemos cantá-lo de todas as formas, mas na vida, só sobrevive na reciprocidade.

Lindo poema!

Bjs.

Pat. disse...

Uma das coisas que é impossível escolher: quem iremos amar...

Lindo texto!
Um beijo.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | JCpenney Printable Coupons