Não falamos sobre moda, cultura é o nosso foco, poesia nossa inspiração. Sair do lugar comum é como ver o mundo de cima de um salto 15...Vermelho!!!

terça-feira, 4 de janeiro de 2011

Não entendo

 

Eu não entendo. Isso é tão vasto que ultrapassa qualquer entender. Entender é sempre limitado. Mas não entender pode não ter fronteiras. Eu sinto que sou muito mais completa quando não entendo. Não entender, do modo como falo, é um dom. Não entender, mas não como um simples estado de espírito. Bom é ser inteligente e não entender. É uma benção estranha, como ter loucura sem ser doida. É um desinteresse manso, é uma doçura de burrice. Só que de vez em quando vem a inquietação: quero entender um pouco. Não demais: mas pelo menos entender que eu não entendo.

Clarice Lispector

1 Devaneios:

"(H²K) - Hamilton H. Kubo" disse...

Saudações minhas!!
Entender o que não se entende, tentar entender o que fora sub-entendido.
Que assim seja nosso caminho, que na lucidez de nossas vidas sejamos sempre um tanto loucos.
Pois, é sendo louco que se arrisca... E se arriscando é que se ama em verdade!!

Beijos!!

*Voltando... aos poucos, mas voltando!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | JCpenney Printable Coupons