Não falamos sobre moda, cultura é o nosso foco, poesia nossa inspiração. Sair do lugar comum é como ver o mundo de cima de um salto 15...Vermelho!!!

quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

Não leiam isso (psicologia reversa, agora vão querer ler)


O Natal está chegando e eu, como boa parte das pessoas, adoro isso, no entanto existe um problema que me persegue sempre quando se iniciam os festejos natalinos, as ornamentações luminosas, quando o décimo terceiro se transforma em presentes e quando os supermercados anunciam o cardápio da ceia. Alguém me explica o que é um Chester? Sério, já comi e sequer sei como é o seu rosto, não quero passar a imagem de cafajeste. 

No chute imagino que seja da classe das aves (definições genéricas primeiro), muito provavelmente um galináceo (tem gosto de galinha ao menos), modificado geneticamente para nascer e morrer gordo, sendo sua vida limitada ao período de pouco menos de um ano. Ainda dizem que o que não mata engorda, mas de que adiante comer para engordar, se esse é o objetivo para matá-los no final? E eu que pensava que vida de galinha era tediosa e sem perspectivas.

Pegando carona nos animais não humanos, é interessante a nossa busca incessante para humanizá-los, acho que os produtores da Disney pensam: “Caramba como pode um cara que é o Rei da selva só comer, dormir, caçar, comer (agora no sentido de transar), dormir e rugir quando querem comer o que é dele (agora em ambos os sentidos). Bora fazer ele mandar de verdade”. O nome disso é transferência, que nada mais é que uma defesa psicológica que a gente herdou de Deus, quando ele fez com que uma cobra falasse, argumentasse e estranhamente passasse a gostar de maças. Alguém também poderia me explicar porque a maça? Puxa se a cobra oferecesse um cigarrinho ao menos, nem precisava ser Derby, ai tudo bem. Imagino Deus vendo Eva fumando e dizendo: “É assim que me agradecem? Agora a cobra vai fumar de verdade pra vocês!”.

Falando de religião, esse é um tema envolto por profundas discussões, cercado por contextos e desfechos muitas vezes historicamente trágicos. Mas como é Natal, não vem ao caso falar sobre guerras entre judeus e mulçumanos, afinal qual a relação entre o Natal e o Oriente Médio? Jesus por acaso nasceu lá? ... Ops!! Tá, Natal tem tudo haver com Oriente Médio, só falta me dizerem que o Chester é de lá também. No entanto essa data não combina com guerras, nem com as guerras santas ou Jihad. Isso porque aquilo que o homem inventa fingindo ser de Deus é simplesmente um leão da Disney fingindo ser da selva, só que menos fofinho, ou talvez uma cobra fumante fingindo ser do Éden, agora ficou melhor. Sem metáforas, é como queimar pessoas na fogueira e gritar amém. Hoje traficantes cariocas fazem o mesmo e não aprenderam isso conversando com Deus, garanto. É como entrar em um templo dito divino e escutar: “Sai capeta”! Puxa se é para ver coisas do gênero eu alugo Os Caça Fantasma e ainda pouparia dinheiro.

Refletindo sobre as bobagens humanas, vejo como é fácil cairmos no senso comum, como não temos o hábito de questioná-lo, parecemos, por vezes, uma boiada sendo conduzida para o abatedouro sem nem ao menos um mungido exclamativo (nem precisei humanizar as vacas, dessa vez “animalizei” a gente, que é pra fugir do senso comum J). Um senso comum burro ou manada de vaca, melhor dizendo, é quando, por exemplo, postam no Twitter que nordestino é um povo miserável e burro por terem sido os responsáveis pela eleição da Dilma e centenas de outros seres humanos (que pra não humilhar demais as pobres vacas) se amontoam na corrente com seus argumentos questionáveis (que pra não humilhar os seres humanos, alguns são legais). Se eu fosse do sudeste primeiro questionaria a eleição do tiririca, eu aqui em Natal não votei nele, juro. “Espera, quem votou no tiririca foram os retirantes do mal, não os paulistas do bem!” Ahh, é verdade, o tiririca é cearense, foram os retirantes que votaram nele, tá explicado. Aquele sotaque do Paulo Maluf nunca me enganou, em Aracaju tem uma colônia libanesa enorme. Eita, e o Celso Pitta (que Deus o tenha), negão daquele jeito deve ser baiano. Puxa vida, não conhecem o problema eleitoral brasileiro e fazem os nordestinos como bode expiatório, que malvadinhos esses Twitters. Isso é um exemplo de senso comum manada de vaca, poderia citar os carinhas que começam a beber, não por gostarem, mas para provar que são fodões; os adultos que crescem jogando tudo que não querem nas ruas, porque seus pais foram incompetentes até para ensinar onde se joga o lixo; as mocinhas que mesmo interessadas em pegar um carinha viram o rosto, porque não podem demonstrar que também desejam o sexo oposto; as pessoas que peidam no meio de um aglomerado de outras pessoas, porque sabem que o cheiro do seu próprio peito não as incomoda. 

Falando em peido, caramba depois que eu comi aquele Chester ontem, algo fermentou dentro de mim, de uma forma que se existisse Chester no jardim do Éden, e se comê-los não fosse pecado, Deus expulsaria Adão e Eva por um motivo bem mais óbvio. Se eu fosse pego pela inquisição nesse estágio, certamente haveria uma explosão quando posto na fogueira, no mínimo os espectadores gritariam... “Sai capeta!”. Mas tudo bem, nesse momento eu estou sozinho no meu quarto, não peido em multidões, odeio senso comum manada de vaca.

4 Devaneios:

Diva L. disse...

Eita, Lex!!
Pode acreditar, agora quem ficou com inveja fui eu.
Carambaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa!!!!!!!!!
Mas que carambaaaaaaaaaaaaa!!!!!!
Q raciocínio da bexiga lixa foi esse?
É, sem dúvida, a idade te faz bem...Oops! Já ia esquecendo, esqueci teu aniversário...fiu fiu fiu

:P

SAM disse...

Eu li e adorei o texto rsrs. Parabéns pelo seu aniversário também.Felicidades todas.


Vim desejar Boas Festas para Diva e desejo também para você.


Beijos

Diva_Kakau disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Diva_Kakau disse...

Maravilha, tu sempre me surpreende. Que orgulho eu tenho desse meu amigo!!!

...e boas festas pra todos!!
bjusss

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | JCpenney Printable Coupons