Não falamos sobre moda, cultura é o nosso foco, poesia nossa inspiração. Sair do lugar comum é como ver o mundo de cima de um salto 15...Vermelho!!!

quinta-feira, 9 de setembro de 2010

Um dia animal

Ou melhor, um dia dedicado aos profissionais que cuidam dos animais. O post é para prestar uma justa homenagem aos veterinários, com destaque para 3 amigos: 

Kakau que mesmo não sendo graduada,  muito tem me ensinado à respeito dos cuidados, amor e dedicação aos pequenos - nem sempre tão pequenos - seres, a Andréa, nossa moderadora japona, que em breve tá de posse do "canudo", mas que há algum tempo, entre poemas e músicas, dedica horas madrugadas afora a cuidar dos macacos que insistem em comer chiclete (não tenho nada a ver com isso, nem gosto de chiclete...) e o meu amigo Alex que, como se não bastasse ser veterinário dos bons é pai da Lali e do Pedro, dois poodles lindos (o nome é pura coincidência...fiu). 

Como o sonho de ser veterinária se desfez na primeira mordida do Fofinho (cachorro da vizinha), no arranhão do Negão (gato da minha irmã que tinha medo de liquidificador e de baratas) e nas farras dos periquitos que não me deixavam dormir nunca, aplaudo esses profissionais não só pela dedicação mas, principalmente, pelo dom e solidariedade.  Vocês fazem a diferença. 

 Ser Veterinário

Ser Veterinário não é só cuidar de animais.
É sobretudo amá-los não ficando somente nos padrões éticos de
uma Ciência Médica.
Ser Veterinário é acreditar na imortalidade da natureza e
querer preservá-la sempre mais bela.
Ser Veterinário é ouvir miados, mugidos, balidos, relinchos e
latidos, mas principalmente entendê-los e amenizá-los.
É gostar de terra molhada, de mato fechado, de luas e chuvas.
Ser Veterinário é não se importar se os animais pensam, mas
sim, se sofrem.
É dedicar parte de seu ser à arte de salvar suas vidas.
Ser Veterinário é aproximar-se de instintos.
É perder medos.
É ganhar amigos de pêlos e penas, que jamais irão decepcioná-
lo.
Ser Veterinário é ter ódio de gaiolas, jaulas e correntes.
É perder tempo apreciando rebanhos e vôos de gaivotas.
É permanecer descobrindo, através dos animais, a si mesmo.
Ser Veterinário é ser o único capaz de entender rabos
abanando, arranhões carinhosos e mordidas de afeto.
É sentir cheiro de pêlo molhado, cheiro de almofada com
essência de gato, cheiro de baias, de curral de esterco.
Ser Veterinário é ter coragem de penetrar em um mundo
diferente e ser igual.
É ter a capacidade de compreender gratidões mudas, mas, sem
dúvida alguma, as únicas sinceras.
É adivinhar olhares, é lembrar de seu tempo de criança, é
querer levar para casa todos os cães vadios sem dono.
Ser Veterinário é conviver lado a lado com ensinamentos
profundos sobre o amor e a vida.
“Todos podemos nos formar em Veterinária, mas nem todos nós
seremos Veterinários”.
Você o que é? 


Autor desconhecido



Fonte: Epifania

3 Devaneios:

Diva_Kakau disse...

Algumas pessoas
não conseguem entender que,
amar os animais é amar a nós mesmos, pois dependemos
deles para o equilíbrio da sobrevivência.
Infelizmente nem todos pensam assim
o respeito pela vida fica em segundo plano. O dinheiro, o hoje, é tudo.
Nos consideramos racionais, mas somos tolos e incensíveis.
Nos consideramos "evoluídos",
mas observando algumas sociedades
de animais,podemos compreeder o quanto somos pequenos.

Lindo texto, d+++
bjussss...

Diva_Kakau disse...

Ps: A mila e o Floquinho
(meus super cães)ficaram chateados com vc,pois não foram citados no
texto!! [:P]

Anônimo disse...

É sempre gratificante falar de algo q amamos eu amo pensar q em um futuro próximo poderei com minhas mãos salvar vidas e receber de agradecimento um latido um mugido ou se lá que lingua for eu entenderei um sonho q logo será realizado.e como diz uma frase
veterinário não é só cuidar de animais.É, sobretudo, amá-los
bjs Kakau e ALex grata Lali
Andréa

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | JCpenney Printable Coupons