Não falamos sobre moda, cultura é o nosso foco, poesia nossa inspiração. Sair do lugar comum é como ver o mundo de cima de um salto 15...Vermelho!!!

domingo, 11 de julho de 2010

Amar é estranho demais

Amar é estranho demais.
É como o açoite
que traz paz.

Amar é estranho demais.
É como o corte
que não cura mais.

Que sangra e não estanca...

É a dor que nos encanta...

2 Devaneios:

"Hamilton H. Kubo - Profundo Pensar" disse...

Amar é sim estranho demais!

Como já dizia Camões:

"Amor é fogo que arde sem se ver;
É ferida que dói e não se sente;
É um contentamento descontente;
É dor que desatina sem doer;"

Perfeito!

Beijos!

Descanso da Alma disse...

Adorei este poema, Amar é estranho demais, nos faz arder em chamas sem queimar.

Faz morrer de amor e ainda assim continuar vivos. Nas palavras do velho sábio Quintana.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | JCpenney Printable Coupons