Não falamos sobre moda, cultura é o nosso foco, poesia nossa inspiração. Sair do lugar comum é como ver o mundo de cima de um salto 15...Vermelho!!!

terça-feira, 30 de março de 2010

A guerra dos Dassler!!!

Era uma vez na pequena cidade de Herzogenaurach, na Alemanha em meados da Segunda Guerra Mundial, dois irmãos que por serem tão diferentes se odiavam e por serem tão diferentes não conseguiam viver um sem o outro.

Adolf era introvertido e possuia um grande talento para o artesanato, já Rudolf era mais popular e expansivo, tinha grande talento para vendas. Sempre trabalhando juntos na fábrica de sapatos dos irmãos Dassler e, dia após dia, brigavam sem parar. A união nos negócios iam muito bem, por esse motivo, conseguiam se tolerar, criaram um tênis leve e anatômico, o melhor modelo já inventado até então e, com isso estavam ficando ricos.

No ano de 1936, durante as Olimpíadas de Berlin os irmãos ofereceram um par de tênis a um atleta negro, o Norte-americano Jesse Owens, com essa jogada os Dassler inauguraram o marketing esportivo, Owens faturou 4 medalhas de ouro. A parceria dos Dassler durou até o ano de 1943, Adolf era averso a política, mas por pura conveniência era filiado ao partido nazista, já que Hitler era incentivador do esporte e isso era bom para as vendas.

Rudolf era nazista fanático e intolerante contra as críticas anti-nazistas. Nesse ano de 1943 a cidade de Herzogenaurach foi bombardeada pelos Aliados. Chegando ao abrigo antiaéreo, Adolf encontrou a família do irmão e comentou: “Os sujos bastardos voltaram”. A esposa de Rudi ouviu e achou que o comentário era endereçado a ela e ao marido. Não adiantou explicar a confusão: a relação entre os irmãos ruiu de vez. O fim da parceria se deu em 1948.

Adolf dissolveu a parceria familiar e renomeou a fábrica com o nome "Adidas"( junção de Adolf e Dassler). Rudolf foi para o outro lado da cidade, que é dividida por um rio e, lá criou a fábrica de tênis "Ruda", que mais tarde foi renomeada com "Puma". Com a Criação das marcas, os Dassler também criaram o seu próprio muro de Berlin, simbolicamente representado pelo rio. Em uma margem ficava a fábrica de Adolf e na outra margem a fábrica de Rudolf.

A guerra era tão intensa que uma marca patrocinava um dos times de futebol e a outra patrocinava o time rival. Quem frequentava os locais com material da Puma, não poderia entrar nos que eram fãs da Adidas e até casamentos mistos eram mal vistos. Adi e Rudi competiram tanto entre si que sem perceberem, foram desbancados pela concorrência da americana "Nike".

Rudi faleceu em 1974 e Adolf em 1978, os dois foram enterrados no cemitério de sua cidade natal, em lados opostos. Em 2004, o neto Frank de Rudolf(Puma), assumiu um cargo na Adidas e foi considerado traidor por muitos familiares, a guerra continua...


Fontes: super.abril.com.br, reinaldoleal.com

1 Devaneios:

Diva Lali disse...

Essa é a Kakau!
Parabéns pelo post. Uma aula que jamais vou esquecer.

Bjo grandão, diva querida!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | JCpenney Printable Coupons