Não falamos sobre moda, cultura é o nosso foco, poesia nossa inspiração. Sair do lugar comum é como ver o mundo de cima de um salto 15...Vermelho!!!

quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

Se eu pudesse...

"Se eu pudesse viver novamente a minha vida,
na próxima trataria de cometer mais erros.
Não tentaria ser perfeito; relaxaria mais.
Seria mais tolo do que tenho sido; na verdade,
bem poucas coisas levaria a sério.
Seria menos higiênico.
Correria mais riscos, viajaria mais, contemplaria mais entardeceres,
subiria mais montanhas, nadaria mais rios.
Iria a lugares onde nunca fui, tomaria mais sorvetes e menos lentilhas,
teria mais problemas reais e menos problemas imaginários.
Eu fui uma dessas pessoas que viveu sensata
e produtivamente cada minuto de sua vida; claro que tive momentos de alegria.
Mas, se pudesse voltar a viver, trataria de ter somente bons momentos.
Porque, se não sabes, disso é feita a vida,
só de momentos, não percas o agora.
Eu era um desses que nunca ia a parte alguma sem um termômetro,
uma bolsa de água quente, um guarda-chuva e um pára-quedas;
se eu voltasse a viver, viajaria mais leve.
Se eu pudesse voltar a viver, começaria a andar descalço no começo da primavera,
e continuaria assim até o fim do outo
no.
Daria mais voltas na minha rua, contemplaria mais amanheceres
e brincaria com mais crianças, se tivesse outra vida pela frente.
Mas vejam, tenho 85 anos e sei que estou morrendo..."


Jorge Francisco Isidoro Luis Borges Acevedo (Buenos Aires, 24 de Agosto de 1899 - Genebra, 14 de Junho de 1986) foi um escritor, poeta, crítico e ensaísta argentino mundialmente conhecido por seus contos e histórias curtas. Ele nasceu, depois de morrer, porque ele viu, que seu sonho era próspero. E nunca mais voltou.

3 Devaneios:

Anônimo disse...

adorei esse poema se eu pudesse , tenho um aqui se gostar chama-se De um coração ...sem razão Denise vieira abrs loba

Diva Lali disse...

Eu tbm adoro. É uma sacudida para que possamos viver sem tantas cobranças. Obrigada por mais esse comentário. É sempre bom trocar idéias contigo. Quanto a Denize Vieira, em breve estarei postando. Repentindo de novo, novamente e sempre, o espaço é seu. Pode sugerir à vontade...rs

Bjo grande e abraço na alma.

Anônimo disse...

nossa ficou muito dez a sua homenagem a nós mulheres , somos guerreiras somos amantes somos mães , avós , filhas e não deixamos de ter amor , carinho de dar esperança conforto , somos realmente amadas por Deus , caimos , sofremos e sempre temos gestos gentis e um sorriso nos labios para aqueles que amamos e mesmo aqueles que as vezes é dificil de se amar bjs pra ti tb mulher abrs loba

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | JCpenney Printable Coupons